Union condena Rosalba por não descontar a folha de pagamento

0

O presidente Sindiserpum Marleide Cunha denuncia que o município de Mossoró continua a dever a diferença de trabalhadores de saúde, educação, segurança e assistência social de 13 de janeiro de 2019. Tudo isso com um fator agravante: dinheiro na mão.

Segundo pesquisa realizada por Marleide Cunha no sistema de informações do Banco do Brasil, que contém uma declaração sobre a distribuição da coleção Mossoró. De 1º de janeiro a hoje (21), a cidade recebeu R $ 4.053.019,36 do fundo para manutenção e desenvolvimento da educação básica e atualização de especialistas em educação (Fundeb) e outros R $ 4.556.857 do fundo municipal de investimento (FPM) ,

Blog do Barreto

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.