TRISTEZA: O contêiner do projeto Inclusive Beach está quebrado em Ponta Negra

0

[ad_1]

Há pouco mais de dois anos, o final do prospecto Arivan Frans, na praia de Ponta Negra, tornou-se um ponto de encontro de pessoas com deficiência. É onde acontece o projeto Praia Inclusiva, iniciativa do Sadef-Sociedade Amigos do Deficiente Físico do RN

que acontece todos os sábados e domingos, e cerca de 50 pessoas se beneficiam de cada lançamento do projeto. Os voluntários oferecem, além de nadar com o mar, atividades esportivas como futebol de amputados, vôlei, sentar, caiaque e pé.

O material usado nos eventos foi armazenado em um contêiner instalado na Avenida Erivan, na França, com a permissão da prefeitura. O recipiente que foi quebrado esta manhã. "Ninguém viu o que aconteceu. No sábado, chegamos à próxima edição e vimos que tudo estava aberto. Eles tomaram parte do equipamento esportivo, e o que não foi levado ficou completamente estragado", disse Tersio Tinoco, presidente do Sadef. 19659002] Parte do contêiner já foi consertado pela associação. "Estamos fortalecendo um lado e fazendo o mesmo com o outro. Vamos gastar dinheiro que não foi incluído no orçamento e que será necessário em outros eventos do Sadef. É uma pena que eles não respeitem o projeto social, que beneficia muitas pessoas, não somos nada não vencemos com ele, e ainda fomos derrotados ", diz Tercio.

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.