Trabalhador de caju piranga recebe obras de acessibilidade

0


O Instituto para o Desenvolvimento Sustentável eo Meio Ambiente – Idema retomou esta semana o trabalho sobre a disponibilidade do maior cajueiro do mundo (Parnamirim), lançado no ano passado. Agora, no estágio final do trabalho, a adaptação dos banheiros públicos e a adaptação da estrutura de visualização, incluindo o elevador e gazebos de uso limitado, serão concluídos. O projeto de acessibilidade será concluído dentro dos próximos 60 dias.

Durante este período, o território destinado ao mirante será fechado, pois os visitantes não poderão utilizá-lo. Segundo a gerente do Cajueiro, Marígia Madge, o trabalho é de grande importância para a manutenção do site turístico. “Apesar do inconveniente, o trabalho é necessário para melhorar a segurança e o conforto do usuário. Quanto aos banheiros, a reforma trará outro bloco, um unissex, que dará aos visitantes acesso a feiras que não visitam o cajueiro ”, enfatiza. no gazebo; a criação de uma ponte pedonal sob o dossel da árvore; a criação de rampas e escadas com a inclusão de corrimãos em duas alturas e cercas de aço galvanizado e lona; a criação de gazebos na área de circulação de pessoas; adaptação da altura das bilheterias e uso de pisos táteis e emborrachados.

O projeto foi projetado para corrigir violações identificadas pelo Ministério Público em 2013. A ideia, que recebeu a responsabilidade pela árvore no final de 2015, possibilitou melhorias através da adoção de medidas de compensação ambiental. As empresas retornam e minimizam os impactos que podem causar ao meio ambiente por suas atividades financeiramente no processo de licenciamento ambiental.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.