Servidores estaduais sinalizam greve geral

0

[ad_1]

O fórum do servidor público, composto por todas as categorias de trabalhadores, apresentou ao governo um documento confirmando o descontentamento das categorias com o calendário anunciado na semana passada. Em reunião com o Fórum de Empregados, na quinta-feira (27/06), o governo esperava que os salários do funcionalismo continuassem nos dias 15 e 30 de julho, 15 e 30 de agosto e 16 e 30 de setembro.

Mesmo com os protestos de funcionários do governo, o governo do RN pretende manter o cronograma de pagamento proposto anunciado na semana passada. Informações recebidas do chefe do departamento civil Raimundo Alves. “O governo vai cumprir, tem apenas um desvio e não tem outra proposta. O governo apóia a proposta, a única coisa que precisa ser feita é salvar a proposta, não há outra ”, disse Raimundo Alves à NORTH TRIBUNA. “A ideia do governo é mantê-lo até que tenha uma posição diferente, a ideia é manter o calendário”, concluiu.

Janeir Souto, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Direta do Estado (Sinsp-RN), disse que o Fórum não concordou com a variação salarial, já que no meio de cada mês o salário era bruto para quem ganhava até 5 mil rublos. A nova proposta limitou o pagamento da remuneração líquida àqueles que ganham US $ 3.000 e a 30% daqueles que ganham mais do que esse valor.

Janeer Souto disse que o Fórum não teve uma contraproposta para se submeter ao governo, foi apresentado no dia 27 de junho não foi tema de diálogo do governo, que foi "imposto" pela governadora Fátima Bezerra (PT), segundo o sindicalista.

A atmosfera de insatisfação com a falta de uma proposta do governo estadual para redistribuir salários e pagar salários com prazo pode fazer com que a administração indireta, autoridades locais e fundos entrem em greve na próxima sexta-feira 5, disse a secretária coordenadora.

TRIBUNA DO NORTE

Sindicato Nacional dos Servidores da Administração Indireta RN (Sinai), Santino Arruda

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.