Segundo o governo, o déficit primário pode ser zerado até 2022

0

Foto: José Cruz / Agência Brasil

A recuperação da economia e a continuidade dos ajustes orçamentários podem levar o governo a zerar o resultado negativo nas contas públicas até o final de 2022, disse o Representante Especial de Finanças ( 23) do Departamento de Comércio, Waldery Rodrigues. Em uma reunião com jornalistas, ele confirmou que a equipe de negócios previa reverter o déficit primário em um ano.

O secretário também disse que a dívida do governo deve terminar em 2019 com uma pequena queda. Segundo ele, o Ministério da Economia acredita que a dívida bruta do governo geral (DBGG), indicador publicado pelo banco central (BC), fechou no ano passado 77% do produto interno bruto (PIB, a riqueza total produzida no país). ou uma porcentagem um pouco menor. O número final de DBGG será publicado apenas no dia 31

Se a dívida pública cair para esse valor, é o primeiro declínio anual desde 2013. O secretário também disse que a equipe de negócios antecipa uma economia de juros de R $ 417 bilhões em dívida pública entre 2019 e 2022. O valor leva em consideração as despesas financeiras e aplica-se à avaliação da dívida pública. Agência Brasil

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.