Prefeito do Rio tenta proibir Avengers & # 39; história em quadrinhos na Bienal

0


Ontem (5), o prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella divulgou um vídeo alegando ter ordenado aos organizadores da Bienal Internacional do Livro que colecionassem a revista em quadrinhos Avengers – The Crusade para supostamente tendo "conteúdo sexual".

O quadrinho, escrito por Allan Heinberg e publicado originalmente em 2010, na verdade mostra dois heróis adolescentes, Wiccano e Hulkling, se beijando. . Não há cenas explícitas.

A revista em quadrinhos é voltada para o público adolescente e adulto e é classificada nos Estados Unidos há mais de 13 anos.

Em uma declaração oficial, a organização da Bienal Internacional do Livro declarou que não obedecerá à determinação do prefeito:

A Bienal Internacional do Livro do Rio, consagrada como o maior evento literário do país, dá voz a todos os públicos, sem distinção, como deveria ser uma democracia. Este é um festival plural, onde todos são bem-vindos e representados. Além disso, no próximo final de semana, a Bienal do Livro terá três painéis para discutir a literatura sobre Trans e LGBTQA +.

O conselho do festival entende que, se um visitante compra uma obra da qual não gosta, ele tem todo o direito de solicitar a troca de produtos, conforme previsto no Código de Proteção ao Consumidor.

No entanto, os esforços do prefeito para censurar a história em quadrinhos parecem ter tido o efeito oposto, conforme desejado. De acordo com Lauro Jardim, colunista do The Globe e também para G1 todas as cópias de Avengers – The Children's Crusade realmente desapareceram das estantes de livros e são esgotado, mas o motivo foi simplesmente a alta demanda dos leitores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.