Polícia civil prendeu o líder de uma gangue criminosa em um resort na costa de Potiguar

0

[ad_1]

Sandro Roberto da Silva Júnior, conhecido como “matemático júnior”, 26, de Ribeirão / PE, foi preso na quarta-feira (27) pelos grupos de policiais civis da Unidade Especializada de Investigação e Criminalidade (DEICOR).

Diante das investigações, a polícia civil da DEICOR descobriu que um “matemático júnior” (“matemático júnior”) residiria no Rio Grande do Norte, cometendo crimes no local. Depois de denúncias anônimas, os investigadores encontraram o suspeito. A prisão foi realizada em um resort na praia de Santa Rita, na costa norte do estado.

Vários registros de tráfico de drogas foram encontrados na prisão, que somavam mais de 1 milhão de reais, planejando vários roubos. aos carros potentes e à identidade funcional da polícia civil pernambucana, porque Sandro Roberto, o “matemático júnior”, passou para a polícia civil desse estado como desculpa para andar de arma.

Durante o interrogatório pela polícia, o “Matemático Junior” assumiu ser membro da facção criminosa das ações nacionais e chegou a realizar a contabilidade de drogas à distância, que foram vendidas no Morro da Pena, no Rio de Janeiro, entre outros lugares, que no mês a facção concordou com 16 milhões de reais, e usou a identidade funcional do PC / PE para também evitar abordagens.

Sandro Roberto, "Junior Mathematician", foi um crime envolvendo o uso de documentos falsos, uma organização criminosa e um relacionamento com o tráfico de pessoas. Ele foi levado para a delegacia de polícia e enviado para o sistema penitenciário, onde estará disponível para a justiça.

A polícia civil pede ajuda do público enviando informações anonimamente através do Disque Denuncia 181.

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.