O judiciário tem uma prisão de jipe, na qual um colega foi morto, e pede que as pessoas ajudem a encontrá-lo

0

Foto: Press / Social Networks

O Tribunal Extremoz ordenou a prisão temporária de Jeepiro Ailton Berto da Silva, assassino de um colega de 41 anos e membro do Coastal Jeep Club, Fantone Maia. Além disso, o réu feriu outros dois membros do grupo, que estão em estado grave na unidade de terapia intensiva dos hospitais Walfredo Gurgel e Santa Catarina.

O assassinato ocorreu no sábado, durante uma confraternização entre membros da unidade off-road no litoral.

No relatório de BG BLOG o diretor-geral da Divisão Especial de Assassinato e Proteção Pessoal (DHPP), deputado Júlio Costa, afirmou que o acusado está portando uma pistola do calibre 380 para praticar o

As ofensas de digitação são de responsabilidade do delegado que conduz a investigação. "No entanto, existem qualificadores em que um dos motivos fúteis existia e uma luta pelo crime pela existência de dois assassinatos na forma tentada e um assassinato na forma acabada", declarou ele ilegal. Qualquer informação que possa levar a polícia para ele pode ter mais de 190 ou 181 prontas. Sigilo absoluto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.