O Acordo de Voto sobre o Relatório da Segurança Social prevê mudanças para os policiais, a pedido do Bolsonaro

0


Depois que a polícia o chamou de traidor na Câmara dos Deputados nesta semana, o presidente Jeir Bolsonaro conseguiu mudar o texto da reforma do sistema de seguridade social em favor dessa categoria.

De acordo com fontes que foram ouvidas no Estadão / Broadcast Tonight, Bolsonaro convocou vários líderes do partido pedindo mudanças. Segundo essas fontes, a pressão dos parlamentares teria levado o presidente Samuel Moreira (PSDB-SP) a ceder nesta questão, estabelecendo uma idade menor para a renúncia da polícia.

Na parte da tarde, o prefeito Rodrigo Maya (DEM-RJ) reuniu-se com vários líderes partidários em sua residência oficial em Brasília. Maya acabara de sair da residência oficial a caminho da Casa.

Segundo fontes, os líderes chegaram a um acordo que prevê mudanças no caso da polícia no relatório da Segurança Social. De acordo com o acordo, os policiais vão se aposentar aos 53 anos de idade, e as policiais vão se aposentar aos 52 anos de idade.

Conteúdo do Estadão

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.