No sábado, Maya reunirá parlamentares para discutir questões de segurança social.

0


O prefeito Rodrigo Maya (DEM-RJ) reunirá amanhã (5) líderes partidários, entre outros membros, para discutir a aprovação da reforma previdenciária em plenário na próxima semana. No Twitter, Maya disse que o Brasil "não pode esperar" pelo crescimento econômico, que, segundo ele, está passando por reformas.

“Amanhã vou me encontrar com líderes e deputados para começar a trabalhar na aprovação da reforma previdenciária na próxima semana. "O Brasil não pode esperar para retomar o caminho do crescimento econômico, e a reforma previdenciária é um grande passo", disse ele na rede social. Segundo entrevista à Rádio Jovem Pan, na entrevista de hoje (5) a reunião acontecerá às 9h com “três, quatro líderes que começarão a organizar uma votação sobre reforma previdenciária”.

Após várias horas de discussão e propostas (a maioria delas refutadas), o relatório de Samuel Moreira (PSDB-SP) foi aprovado pelo Comitê Especial para avaliar a emenda proposta pelo governo à Constituição (PEC)

. disse que a proposta começará a ser discutida na próxima terça-feira. O prefeito acredita que ele já tem os votos necessários para aprovar a reforma na sessão plenária. Espera-se que a medida parlamentar seja aprovada por pouco mais de 325 deputados. Para a adoção do PEC requer pelo menos 308 votos.

Se aprovado pelos deputados, o texto deve ser para análise do Senado, onde também deve ser avaliado em dois turnos e depende da aprovação de pelo menos 49 senadores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.