MPF pede ao Ministério da Educação que suspenda o Sisu até que as deficiências do Enem sejam resolvidas

0

O Procurador Federal de Direitos Civis (PFDC) do Ministério Federal de Assuntos Públicos (MPF) enviou uma carta ao Ministro da Educação Abraham Weintraub com o pedido de suspender a abertura do sistema de seleção uniforme (Sisu) até falha na correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 será resolvido. O pedido foi feito na noite da segunda-feira, 20, logo após o ministro confirmar que havia identificado o erro em 6.000 testes e que iniciaria as inscrições para o Sisu na terça-feira, 21. A informação vem do Estadão.

O Ministério da Educação (MEC) não comentou o pedido até às 20:40.

Segundo o procurador-geral, o aplicativo tem como objetivo evitar "inconsistências na correção do inimigo" que já prejudicam o MEC de milhares de estudantes que estão tentando conseguir um lugar nas universidades e através do sistema Obter institutos federais do país. O Sisu usa os resultados do Enem para dar aos alunos acesso a instituições públicas de ensino superior em todo o país.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.