MPF entra com uma ação no tribunal federal solicitando a suspensão de Sisu, Fies e Prouni

0

O Ministério Federal de Relações Públicas (MPF) submeteu uma ação ao Tribunal Federal de Minas Gerais na sexta-feira à tarde, dia 24, solicitando a suspensão das inscrições e a alteração associada ao calendário 2020 do sistema de seleção uniforme ( Sisu), o Fundo de Financiamento para Estudantes (Fies) e o Programa Universidade para Todos (Prouni). As informações são do Estadão Content.

Se as medidas não forem seguidas, o MPF exige que seja aplicada uma multa diária de R $ 10 milhões. O Ministério da Educação (MEC) afirmou em comunicado que já havia fornecido as explicações solicitadas pela agência. A Advocacia Geral da União (AGU) afirmou em nota que, assim como outras medidas que questionam as recomendações do Enem, contém todos os esclarecimentos necessários sobre as medidas necessárias para manter a regularidade dos processos e evitar danos, Alterações feitas no Cronograma relacionadas ao Sisu também podem levar a outras atividades educacionais, como o ProUni e o Fies.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.