Monitor da violência: o número de assassinatos diminuirá em 28,6% no RN em 2019

0

Foto: Monitor da Violência / G1

No Rio Grande do Norte, o número de vítimas de crimes violentos caiu 28,6% em 2019 em comparação a 2018. A porcentagem é dada no índice nacional de assassinatos de G1 com base em dados oficiais dos 26 estados federais e do distrito federal. Houve 1.279 assassinatos em 2019 e 1.792 em 2018.

De acordo com uma série histórica desde 2011, no ano passado, houve o menor número de crimes violentos fatais deliberados desde 2013. O número segue uma tendência de queda em 2018 após o estado ter atingido a letalidade em 2017, quando foram registradas 2.246 mortes violentas.

Especialistas do fórum brasileiro de segurança pública, Samira Bueno e Renato Sérgio, relatam que é impossível entender a dinâmica da violência urbana no país sem considerar o sistema penitenciário e o poder que os grupos criminosos têm, mesmo que sejam teóricos estão sob os cuidados do estado. Nesse sentido, argumentam, é estratégico e fundamental que os estados recuperem o controle das prisões.

“Experiências recentes no Rio Grande do Norte, Ceará e Acre mostram que regras mais rígidas se aplicam a líderes criminosos e o risco de serem transferidas para prisões estar fora das prisões ”, consideram.

Segundo a pesquisa, flutuou significativamente em 2019 quando os números absolutos foram analisados. O mês mais violento foi março, com 137 mortes. Em seguida, chegaram dezembro com 125 assassinatos e janeiro com 119. Os números já são muito mais baixos do que em 2018, quando o mês mais violento de junho representou 168 crimes fatais deliberados. , Os principais dados mostram o seguinte:

  • Em comparação com 2018, houve 513 menos mortes, uma queda de 28,6%.
  • O mês mais violento de 2019 foi novembro, com 137 assassinatos.
  • Lesões pessoais
  • 1.058
  • O número de homicídios no Brasil diminuiu 19% em 2019 e é o mais baixo da série histórica.

G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.