Maternidade Januário Cicco afirma estar superlotada e interrompe hospitalização em Natal

0

A maternidade Cicco de janeiro, no distrito de Petrópolis, na zona leste de Natal, suspendeu indefinidamente a admissão de novos pacientes. O motivo é a superlotação da unidade de terapia intensiva para recém-nascidos. A unidade anunciou a suspensão na terça-feira (28).

Em uma nota, a maternidade alegou que atualmente há 30% mais pacientes na unidade de terapia intensiva do que a capacidade permite. Existem 23 camas ocupadas e sete bebês prematuros que aguardam a transferência nas salas de parto e na sala de cirurgia obstétrica.

G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.