Leia trechos de mensagens entre promotores sobre uma parte fundamental de uma prisão em Lula

0

[ad_1]

Os relatórios pessoais recebidos no site do Intercept Brasil e analisados ​​pela Folha indicam que Leo Pinheiro, ex-presidente da OEA, que acusou o ex-presidente Lula (PT) do caso que o levou à prisão, recebeu apenas um empréstimo depois de várias mudanças

O contratante suspeitava da operação Lava Jato quase o tempo todo quando estava disposto a cooperar com as investigações.

Pinheiro apresentou uma versão que acusava a Lulu de que a reforma do apartamento deveria ter sido feita em troca de contratos com a Petrobras – somente em abril de 2017, mais de um ano após o início das negociações

Os diálogos sugerem que crucial para que os promotores retornem ao contratado.

Ver Conversas no site da Folha: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/06/. lendo fragmentos de mensagens entre os advogados sobre a chave da prisão lula.shtml

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.