Jeepiros baleados em confraternização ainda estão em estado grave

0

Foto: Ivo Bruno / Reprodução / Facebook

A saúde dos jipes é preocupante Mac Arthur Macedo de Lima Cosme e Ivo Bruno Oliveira de Sousa . Ambos foram mortos a tiros pelo colega Ailton Berto da Silva, após um desentendimento durante uma bolsa de estudos da entidade ( Litoral Jeep Club ), que ocorreu no sábado em Redinha. Outro membro do grupo, Fantone Maia, também foi atingido e não resistiu.

Arthur ainda está hospitalizado no Hospital de Santa Catarina, no norte do país, após a cirurgia. Segundo informações do Ministério da Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap), ele permanece em terapia intensiva e sua condição é estável, mas grave. Arthur Macedo precisa de sangue (O Positivo). Doações podem ser feitas em Hemonorte, na Avenida Alexandrino de Alencar, no Tirol.

Ivo permanece no Hospital Walfredo Gurgel, onde também era cirurgião. Segundo a assessoria de imprensa da instituição, a saúde ainda é estável e grave. Ivo Bruno precisa de sangue (A positivo). As doações também irão para Hemonorte.

Foto: Reprodução / Facebook – Fantone (boné), Ivo Bruno (camisa branca) e Arthur Macedo (camisa roxa)

[19659002]

]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.