Governo monitora parlamentares antes de emitir emendas

0


Segunda-feira – 16/09/2019 – 09: 38h

Do Estado de São Paulo

O governo tem monitorado parlamentares & # 39; redes sociais, bem como seus discursos no pódio, para avaliar a taxa de lealdade de cada um. Nesta semana e na próxima, cerca de US $ 15 bilhões do orçamento serão liberados, dos quais US $ 2 bilhões devem ser usados ​​para pagar emendas prometidas ao discutir a Reforma da Previdência Social.

O dinheiro está condicionado a uma lista de pautas de interesse do Planalto. No Senado, as aprovações de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada dos EUA e Augusto Aras para a Procuradoria Geral da República (PGR).

Também na lista está impedindo a abertura do Lava CPI Toga

A negociação mais silenciosa foi a de Aras.

Eduardo Bolsonaro, no entanto, ainda não tem votos para se tornar um diplomata. Pelo menos dois senadores ouvidos pelas repórteres Julia Lindner e Camila Turtelli dizem que há um clima de espera pela liberação de recursos antes de qualquer decisão. r AQUI Instagram AQUI Facebook AQUI AQUI Youtube AQUI .

<! –

->

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.