Gedes: "Temos 2 anos para simplificar, reduzir e abolir os impostos"

0

[ad_1]

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse quinta-feira que o governo tem dois anos para “simplificar, eliminar e reduzir impostos”, referindo-se ao período estipulado para o início do acordo entre o MERCOSUL e a União Européia. faça efeito. Antes de começar, o acordo deve ser aprovado pelos congressos dos países participantes dos blocos.

O trabalho que o governo pretende fazer no campo da tributação visa tornar o país mais competitivo, capaz de competir no mercado internacional, e

Discutindo a falta de abertura do Brasil para o comércio internacional, Gedes criticou a aliança do MERCOSUL com a Venezuela, que na opinião dela foi uma aliança muito mais política e ideológica. do que a integração econômica. "Esta não é uma organização econômica interessante para nós", disse o ministro, chamando a situação de "obsoleta".

O ministro criticou o funcionamento do MDIC (o antigo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio) em relação ao setor privado, com líderes industriais desatualizados que bloquearam a abertura. "Teria sido impossível (acordo) se não tivéssemos nos juntado aos ministérios", disse ele. “Por que uma descoberta comercial não foi feita antes?

O acordo com a União Europeia, de acordo com Gedes, está de acordo com o plano do governo para a abertura gradual do país. "A abertura gradual da economia está garantida", disse ele.

O ministro também disse que, resolvendo a questão fiscal do Brasil, o país passará para taxas de juros mais baixas. "O interesse deve ir em frente", disse ele, referindo-se às expectativas do mercado.

Conteúdo do Estadão

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.