FOTOS: Assista ao discurso do governador Fátima na presença do Presidente em exercício Murao na 37ª Reunião Econômica do Brasil e da Alemanha (EEBA) em Natal

0


Fotos: Sandro Menezes / Governo da PH

A Conferência Econômica Brasil-Alemanha (EEBA) é uma holding da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Federação da Indústria Alemã (BDI), com o apoio da Câmara de Comércio. e indústria brasileiro-alemã (AHK). O evento anual é realizado alternadamente no Brasil e na Alemanha, a fim de fortalecer as relações bilaterais e aprofundar as parcerias estratégicas.

O EEBA reúne funcionários do governo e líderes empresariais para discutir a expansão do investimento e novas formas de colaboração.

Ver Discurso Pleno do Governador:

Bom dia a todos que participam do Rio Grande do Norte por ocasião da 37ª Conferência Econômica Brasil-Alemanha. Congratulamo-nos com a oportunidade de nosso estado, pela primeira vez, sediar uma reunião realizada há 37 anos. Também agradecemos a oportunidade de trocar e fortalecer laços com este país, que é um modelo de desenvolvimento industrial, inovação tecnológica e democracia para o mundo inteiro.

Quero dar as boas-vindas a Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (PCN); Dieter Kempf, Presidente da Federação da Indústria Alemã (BDI); Amaro Sales, Presidente da Federação da Indústria do Rio Grande do Norte (FIRN); Kenneth Nobrega, Secretário de Negociações Bilaterais no Oriente Médio, Europa e África, Ministério das Relações Exteriores (MRE); Thomas Bareis, Secretário do Ministério da Economia e Energia (BMWI); e o general Amilton Murao, vice-presidente da República do Brasil; senhoras e senhores, aqui.

Esta reunião oferece uma grande oportunidade de conhecer as mudanças feitas pelo governo do estado do Rio Grande do Norte, com o objetivo de mobilizar o desenvolvimento, atrair novos investimentos e consolidar os já existentes. Em nome do governo do estado, expresso todo o nosso interesse em expandir a parceria comercial do Rio Grande do Norte com a Alemanha, que hoje é o quinto maior parceiro comercial do Brasil e o sétimo parceiro comercial do nosso estado.

E quero dizer que nosso interesse é acompanhado por ações concretas em favor dessa expansão. Estamos fazendo um esforço conjunto para melhorar o ambiente de negócios no estado. Atuar com total ênfase na garantia da segurança jurídica, processos efetivos de licenciamento ambiental e incentivos atraentes para quem deseja investir em HP.

Nosso governo mantém as mãos de instituições parceiras e empresas privadas para impulsionar o desenvolvimento. Durante esses quase nove meses de governo, tivemos um diálogo com vários setores da atividade econômica.

Passamos para um RN mais competitivo, mais produtivo e mais inclusivo por meio de ações e medidas destinadas a atrair mais investimentos e criar mais empregos. O conjunto de iniciativas que apresentamos pode ser transformado em um pacto intersetorial sobre o desenvolvimento sustentável de nosso estado.

É coordenado pelo governo em colaboração com federações representando o setor manufatureiro. O programa é uma garantia de retorno para quem planeja investir no Rio Grande do Norte.

Introduzimos incentivos fiscais acompanhados por nossos parceiros para não ter mais as passagens aéreas mais caras do nordeste e expandimos nossa oferta para passagens aéreas. algo que já trouxe bons resultados. Também estamos investindo na promoção de nosso estado, que tem um potencial turístico tão rico, tanto internamente quanto no exterior.

Melhoramos a segurança pública. Empresários e turistas podem não ter interesse em um estado com níveis ameaçadores de crime e violência, como ocorreu no Rio Grande do Norte. Felizmente, dando extrema importância a esse problema, deixamos um triste rastro do estado mais cruel do país e conseguimos reduzir o número de assassinatos e ataques em mais de 35%. Somos o segundo estado a reduzir a maioria dos casos de violência em 27 estados.

Reformulamos nossa política de crédito tributário, em particular o novo Programa de Desenvolvimento Industrial Proedi, no qual a indústria de equipamentos de geração é estratégica. fontes renováveis ​​de energia, garantindo benefícios de até 95% do ICMS.

Posso garantir que o Rio Grande do Norte está pronto para o crescimento. Nossa economia combina o potencial valioso, o poder da energia eólica e solar, abundantes recursos naturais com importantes ativos minerais, um belo e extenso litoral, além de uma localização estratégica favorável.

Oportunidades de investimento no Rio Grande do Norte. Existem muitas. Falando apenas em RENEWABLE ENERGY, o Brasil superou o número de 600 parques eólicos instalados, com uma capacidade de geração de mais de 15 gigawatts. E nosso Rio Grande do Norte ocupa um lugar de destaque nesse setor, pois existem mais de 150 parques com capacidade superior a 4 gigawatts, ou quase um terço da produção de energia eólica no Brasil. [19659006] O Rio Grande do Norte possui mais de 1.500 turbinas eólicas de uso comercial, representando um investimento de US $ 15 bilhões. Desde que 60 novos parques já foram colocados em operação em 2023, então mais de 13 bilhões de rublos deveriam ter sido investidos no RN. Esperamos que no próximo ano excederemos a capacidade instalada de 5 GB.

Temos o maior centro de treinamento vocacional em energia eólica e solar do Brasil, fornecendo mão de obra qualificada não apenas para projetos desenvolvidos aqui, mas também em todo o país. Nós somos os maiores exportadores de mão de obra nesse setor.

Também vale mencionar o trabalho sério e dedicado do Instituto do Rio Grande do Norte para o Desenvolvimento Sustentável e o Meio Ambiente, o IDEMA, que hoje emite a maior licença ambiental. Parques eólicos no Brasil, em média menos de 2 meses. Tudo isso, é claro, sem descurar a qualidade técnica e a segurança jurídica que são tão importantes para o licenciamento ambiental. Entendemos que isso é fundamental para a segurança do investidor.

Assim como a energia eólica, o Rio Grande do Norte tem um enorme potencial para produzir energia solar. Somos um dos maiores fabricantes em potencial do Brasil. Nosso plano nacional de expansão de infraestrutura prevê a criação de parques de energia solar em nove cidades.

Além de energia renovável, temos boas oportunidades comerciais nos campos da CULTURA DE FRUTA IRREGIDA; Minérios e aço; PESCA E ABASTECIMENTO DE ÁGUA; TURISMO E TRANSPORTE AÉREO; PETRÓLEO E GÁS NATURAL; CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO PARA BENS E COMÉRCIO ELETRÔNICO

Trabalhamos incansavelmente para garantir que o Rio Grande do Norte embarque em um caminho de desenvolvimento. Formaizamos um amplo portfólio de projetos com oportunidades de investimento em setores como TURISMO e INFRA-ESTRUTURA, com foco em infraestrutura de logística e transporte; Parques de energia solar; Conexão de rede de dados; VLT; e Parque Tecnológico.

Outra boa notícia que quero compartilhar com você é a criação do Consórcio Interestadual para o Desenvolvimento Sustentável do Nordeste. Uma ferramenta de gerenciamento comum entre nove estados da região, com a qual criamos um portfólio de projetos comuns em vários campos.

Esses projetos serão apresentados como parte de uma missão internacional que iremos realizar e pela qual escolhemos a Europa como nosso primeiro destino. Juntos, buscaremos parcerias institucionais e financeiras que contribuam para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte, região nordeste e país.

Em conclusão, digo que você tem um parceiro no governo do Rio Grande do Norte. Um governo que se concentra no desenvolvimento do estado e na criação de emprego e renda para seu povo. Estamos muito empolgados e otimistas com as previsões apresentadas pelas empresas com as quais conversamos.

Nossa liderança está criando um ambiente favorável aos negócios. Estou certo de que em breve nosso estado será conhecido não apenas por suas praias paradisíacas, natureza deslumbrante, sol e vento constantes, mas também por se tornar um país com excelentes oportunidades de negócios. Bem-vindo Sempre retorne ao Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.