evento pode ter estrelas e influenciadores

0


A Entertainment Software Association (ESA) anunciou planos ambiciosos para a E3 2020. Querendo aproximar o público em geral da indústria de jogos, a associação planeja contratar celebridades para o evento do próximo ano .

Como uma feira voltada para profissionais do setor, o público nos pavilhões nunca foi o maior, algo que deve mudar na edição do próximo ano que contará com uma área dedicada a “fãs e influenciadores”.

Alguns dos planos da ESA envolvem trazer estrelas. Por exemplo, áreas com jogos de basquete podem contar com estrelas da NBA para aumentar a exposição de franquias como NBA 2K e NBA Live.

O próprio mapa da E3 2020 já oferece algumas das idéias. A organização pretende criar espaços para “experimentos”, com eventos simultâneos em vários deles. No entanto, a estratégia deve reduzir as cabines dos estúdios de jogos.

  West Hall
West Hall pode sediar seis eventos simultâneos (Foto: ESA)

A ESA venderá mais ingressos. Haverá 25.000 ingressos até 2020, um aumento de 10.000 ingressos em comparação com a edição de 2019.

O Brasil Game Show “vence” a E3 em público

Mesmo sendo o evento mais importante da indústria, a E3 não tem tanto público quanto a Gamescom e o Brasil Game Show. O evento brasileiro, aliás, está entre os maiores do mundo na categoria “público”. A edição de 2018 registrou 325.000 participantes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.