EM ALTO: O número de barras registra um aumento de 18,8% no NB

0


Foto: Moraes Neto

Movendo-se ou não devido a eventos esportivos como a America's Cup, no Rio Grande do Norte há um crescente setor de bares e estabelecimentos especializados na venda de bebidas e bebidas alcoólicas. O segmento aumentou o número de projetos em 18,8% no ano passado. Entre 2015 e 2019, o número de estabelecimentos no estado quase dobrou, passando de 869 para 1.585 pequenos negócios na área, segundo levantamento do Sebrae no Rio Grande do Norte [19659003]. Um dos termômetros para medir o aquecimento nesse setor foi a atratividade desse tipo de negócio entre os microempreendedores individuais (MEI). A negociação de bebidas já é a quarta atividade que mais formaliza a MEI no estado. Segundo o Sebrae, já existem 3242 bares nessa categoria jurídica do Simples Nacional.

O comércio de bebidas já é a quarta atividade que mais formaliza a MEI no estado. Segundo o Sebrae, já existem 3242 bares nessa categoria jurídica do Simples Nacional.

O negócio de bares e restaurantes oferece o maior número de empregos, cerca de seis milhões de pessoas no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Mas, para começar com esse tipo de empreendimento, um empreendedor deve dar passos importantes, já que o estabelecimento se move diretamente com o público. Além disso, uma empresa precisa de muita criatividade para obter reconhecimento público com vários perfis, do mais simples ao mais complexo.

Isso pode parecer um assunto simples, mas para ser competitivo e rentável, um empreendedor que vai investir nessa área deve estar atento a alguns cuidados para tornar a empresa atraente: o ambiente e decoração, som, música, jogos, etc. Portanto, ao abrir uma instituição deste tipo, é necessária alguma cautela.

Esse segmento também é importante para atrair turistas e, nos grandes centros urbanos, torna-se uma das principais opções de lazer da população. A vida noturna e a gastronomia estão diretamente relacionadas ao ramo, portanto os serviços prestados pelo bar devem ser projetados com visão profissional. Isso requer uma avaliação objetiva do modo de ação, público-alvo, localização, cardápio de produtos e bebidas oferecidos, bem como as expectativas comerciais necessárias para esse tipo de empreendimento.

Agência do Sebrae

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.