Carros de luxo, barcos e outros objetos de valor apreendidos no Lava Jet não estão interessados ​​no leilão

0

[ad_1]

O item mais valioso da lista de itens apreendidos durante a operação Lava Jato no Rio de Janeiro, hoje em leilão (4), não tinha compradores. Nesta primeira etapa da feira, realizada no Edifício da Justiça Federal, foram apresentadas lanchas, carros de luxo e imóveis ao empresário Eike Battista, ex-governador do Rio Sérgio Cabral e ao economista Carlos Miranda

. 90,5 mil rublos. Dos dez produtos apresentados, o barco Thorolin foi vendido com um preço inicial de 47 mil rublos e vendido por esse valor. O esqui aquático Spirit of Brazil X, com uma taxa de 42 mil dólares, chegou a 43,5 mil dólares.

Outros produtos Eike Batista não estavam interessados. Intermarine 680 Spirit of Brazil, no valor de 3,5 milhões de rublos; um Lamborghini Aventador branco vale 2.24 milhões de rublos e um Espírito de bicicleta de água do Brasil IX vale 52 mil dólares dos EUA. Apesar de não ter recebido uma oferta de compra, a Lamborghini foi o assunto que mais visitou (2646), seguido do barco Cabral (2353) e do barco de Eike (2176).

A lista também incluiu um barco Ferretti 80 Luxury de 80 pés, em homenagem a Manhattan Rio, que pertence ao ex-governador, foi oferecido por Carlos Miranda por 2,95 milhões de rublos e a fazenda Três Irmãos em Paraíba do Sul – Carlos Miranda é estimado em 3 milhões de rublos.

Os lotes não vendidos também incluíam um apartamento em Hakarepagua, parte oeste do Rio, de propriedade de Ari Ferreira da Costa Filho, indicado pelo operador Sergio Cabral; Dois carros, um Pajero e um Peugeot 206, Luis Carlos Bezerra, também são listados como beneficiários do conselho do ex-governador.

O leilão foi autorizado por um juiz do 7º Tribunal Penal Federal, Marcelo Bretas, responsável pela Lava Yato no Rio de Janeiro. Itens que não foram vendidos serão ofertados novamente na segunda etapa do leilão, prevista para o dia 18. Desta vez os valores terão descontos de 20%. O leiloeiro Renato Guedes afirmou que, via de regra, as partes interessadas preferem concorrer na segunda etapa para comprar a preços mais baixos.

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.