Brasil aceita presidência cultural do Mercosul

0


Nos próximos 6 meses, o Brasil assumiu a liderança das atividades culturais do Mercosul. De acordo com o sistema de rotação em ordem alfabética, a Argentina entregou o comando do Brasil, que assume uma presidência temporária na esfera cultural.

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, recebeu ontem (27), na 45ª Reunião de Ministros da Cultura do MERCOSUL, em Buenos Aires, a liderança do setor do governo argentino. Terra disse que os países membros do MERCOSUL procurarão estimular o intercâmbio cultural na América do Sul, tanto quanto possível.

“Uma das coisas que vamos fazer é estimular a integração dos povos das missões jesuítas. Como o Caminho de Santiago [de Compostela]empreendemos um turismo cultural e religioso que reunirá 30 missões, entre elas Uruguai, Argentina, Paraguai, Bolívia e Brasil. ”

Para o ministro, a aproximação entre os países do bloco é importante para determinar a política social, bem como para formular e desenvolver ações que beneficiem a população. Segundo Osmar Terra, os países do MERCOSUL devem formular com clareza intercâmbios culturais e avançar em parceria estratégica com a Aliança do Pacífico e a União Européia.

Para Osmar Terra, os países do MERCOSUL devem fortalecer os intercâmbios culturais de maneira bem articulada e avançar na parceria estratégica com a Aliança do Pacífico e a União Européia. "

" Discutimos como trabalhar em conjunto com questões culturais, desenvolver um mercado cultural e também exportar essa atividade, nossa história, nossa cultura, nossa música, nossa dança, teatro e cinema.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.