Bolsonaro concorda em destruir a Amazônia e matar a polícia, diz ONG

0

A 30ª edição do Relatório Mundial da organização internacional HRW (Human Rights Watch), a ser publicada esta tarde em Nova York, é dedicada a 9 de suas 652 páginas no Brasil. No documento, a ONG denuncia o que chama de "mão livre" do governo Jair Bolsonaro (sem partido) pelo desmatamento ilegal da Amazônia e pela promoção da mortalidade policial. Em comunicado, Planalto disse que não comentaria o relatório. As informações são do portal UOL.

Os ataques de Bolsonaro à imprensa, o aumento da tortura e a rejeição de crimes de ditadura também foram destacados pelas ONGs como exemplos de como o Brasil, por meio da ação, adotou uma agenda de direitos humanos vulnerável a populações vulneráveis. "

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.