Até 30.000 candidatos podem ter sido prejudicados por não corrigir o Enem, diz Inep

0

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, disse que até 30.000 candidatos podem ser afetados pela falha na realização dos exames do Enem. , O número corresponde a quase 1% dos quase 3,9 milhões de candidatos registrados.

Segundo ele, o erro foi cometido pela impressora responsável pela impressão e transferência dos dados dos modelos para a Inep, Valid SA. A empresa buscou um relatório, mas não recebeu resposta. Apesar das deficiências, Lopes indicou que a data de abertura do sistema de seleção única (Sisu) permanece na terça-feira (21).

O Globo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.