Aras convida os promotores da Lava Jato para novos cargos; Deltan Dallagnol elogia iniciativa

0

[ad_1]

Foto: Dida Sampaio / Estadão

O vice-procurador geral Augusto Aras convida os promotores que deixaram recentemente a Operação Lava Jato na Procuradoria Geral da República para renovar suas funções.

Stampede "Protestou contra as ações do atual procurador-geral Raquel Dodge, que pediu quatro pedidos para expulsar o contratado Leo Pinheiro com a participação do prefeito Rodrigo Maya (DEM-RJ), irmão do presidente do STF, Diaz Tofoli, ministro do Ensino Superior. Tribunal de Justiça (STJ), Umberto Martins e Presidente do Tribunal Federal de Contas (TCU), José Musio Monteiro.

Nomeado para o PGR pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, o procurador-adjunto Aras confirmou que cinco dos seis promotores que renunciarão foram convidados a retornar.

Segundo o jornal Estadão, a idéia de preservar os nomes do grupo PGR Lava Jato veio do promotor. Tame Danelon, ex-coordenador da operação em São Paulo e o primeiro convidado de Aras a ingressar no grupo criminoso.

Maria Clara Noleto, Luana Vargas, Alessandro Oliveira, Hebert Mesquita e Victor Richeli são nomes de convidados. 19659003] A iniciativa Aras foi elogiada pelo coordenador do grupo de trabalho Lava Jato no Paraná, o procurador Deltan Dallagnoli.

“Os problemas do MPF e a luta contra a corrupção são enormes. Podemos construir o futuro através do diálogo e da cooperação ", disse Dallagnol.

Com Estadan e Renova Mussel

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.