Aprovado para denunciar mudanças feitas pelo governo do estado na competição do PM depois de aplicar os testes

0


Duas pessoas que foram aprovadas em uma competição da polícia militar no sábado pesquisaram um blog (6) que se dedicava não apenas ao status de todos os aprovados, mas também às mudanças propostas pelo governo do estado ao lado do edital.

De acordo com o Comandante Geral aprovado do Primeiro Ministro, 361 candidatos que foram rejeitados retornariam ao evento, e que, devido ao montante extrapolado, outros candidatos já aprovados durante a fase de assistência médica e nas etapas anteriores serão excluídos. “Isso faz com que nossa indignação com o fato de muitas pessoas perderem o emprego, gastarem até o que não puderam fazer nos exames de saúde, houve pessoas que vieram de outros estados para participar dos estágios dessa competição, nós conduzimos preparação, e agora o governo

Um deles ainda está reclamando sobre a reclassificação, indo contra o que foi originalmente previsto no decreto, o que implica que isso aconteceu somente após a aplicação de provas. "Haverá uma reclassificação de candidatos que tenham apenas 3 perguntas sobre geografia, quando o decreto disser que somente aqueles que tiverem 40% de partidas serão aprovados: pelo menos 4 perguntas."

Outra ainda condena a falta de um cronograma que deve durar mais um ano. “Fizemos provas objetivas e discursivas no ano passado. Até o momento, só chegamos ao estágio de exames médicos, porque o governo não nos forneceu o cronograma de implementação, estávamos no escuro e ontem nos deu um cronograma que afirma que a competição durará pelo menos um ano. E não há data de início para o curso de treinamento ", disse ele.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.