A sucessão municipal é cheia de hipóteses e raras certezas

0


Monielly Nunes pode ser levada pelo braço, pelo doutor Tadeu, para uma postura de prefeito ou vice (Foto: Instagram)

Oposição e governança em Luís Gomes (439 quilômetros de Natal e 205 de Mossoró) no Alto O Ocidente ainda está se arrumando para a campanha municipal de 2020. Nos dois lados, muitas perguntas e nenhuma definição.

O final desta fase pré-campanha pode trazer algumas surpresas no próximo ano.

No governo, a advogada e prefeita Mariana Fernandes (MDB) não é a favor do instituto de reeleição, pois está em seu segundo mandato consecutivo: venceu a eleição suplementar de 2015 (ver AQUI ) e foi reeleito em 2016. (Veja HERE ).

O candidato no seu grupo é um desconhecido.

Nome do prefeito ou deputado?

Em oposição, o ex-prefeito foi cassado em definitivo em 10 de março de 2015. Francisco Tadeu Nunes (na época na PP S), “Doutor Tadeu”, pode retornar à luta eleitoral através de sua filha, advogada. Monielly Nunes.

Mas existe uma versão atual de que Monielly seria um cartão para se vingar de uma composição do grupo de Mariana, liderada por seu pai e também pelo ex-prefeito Pio X Fernandes (PSB), "Doctor Pio". Dúvida, quem está aí? A diferença entre os dois grupos e famílias parece irreparável. Parece que

O empresário, ex-vereador e ex-candidato a prefeito Francisco Joseilson da Silva (PL), “Nilsinho”, flutua e gravita em torno da mesma disputa. Não há muita clareza sobre seu futuro na sucessão municipal.

O vice-prefeito dissidente Luciano Pinheiro (PT), eleito em 2015 e reeleito em 2016, com Mariana, não mostra a vitalidade de dar vitalidade ao grupo político que lidera o município.

Siga o Blog Carlos Santos pelo Twitte r AQUI AQUI Instagram AQUI Facebook Facebook ] HERE e Youtube AQUI .

<! –

->

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.