A produção de motocicletas em setembro cresceu 15,1%

0


Foto: archive / Agência Brasil

A produção de motocicletas em setembro atingiu 92.894 unidades, um aumento de 15,1% em relação ao mesmo mês do ano passado. De janeiro a setembro, foram produzidas 836.450 unidades, o que corresponde a um aumento de 7,5% em relação ao mesmo período do ano passado em 777.779 unidades. Na comparação com agosto, houve queda de 19% na produção de 114.738 unidades. Dados publicados nesta quarta-feira (9) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Produtos Similares (Abraciclo).

De acordo com o balanço mensal da empresa, as vendas a revendedores totalizaram 95.282 unidades, o que levou a um aumento de 24,2% em relação ao mesmo mês do ano passado, para 76.695 unidades e 9% para 104.449 unidades em agosto. Desde o início do ano, 816.064 motocicletas foram vendidas a granel, 14,7% a mais do que no mesmo período de 2018, totalizando 711.644 unidades.

Os dados também mostram que, em comparação com setembro do ano passado, o crescimento foi de 18,4%. o número de motocicletas licenciadas, atingindo 87.719, ante 88.625 unidades em agosto, um aumento de 1%. Segundo uma análise dos dados da Renavam, foram vendidas 796.426 motocicletas no país este ano, o que representa 14,4% a mais do que 695.928 unidades licenciadas para o mesmo período do ano passado.

As exportações em setembro atingiram 2390 unidades, o que mostra uma queda de 28,4% em relação ao mesmo mês de 2018, em 3336 unidades e em 33% em relação a agosto, que era de 3566 unidades. No acumulado de 2019, o volume exportado foi de 29.136 unidades, 49% inferior ao mesmo período de 2018, em 57.131 unidades.

Crédito

Segundo o presidente Abratsiklo, Marcos Fermanyan, a oferta de empréstimo é a principal razão do aumento no número de setores, que, combinados com taxas de juros mais atraentes, incentivam os proprietários a trocar motocicletas por modelos mais novos e zero quilômetro.

vemos que a motocicleta está sendo cada vez mais utilizada como alternativa à mobilidade flexível, econômica e eficiente nas cidades brasileiras, além de gerar renda para o motorista ”, afirmou.

Para os alemães, o mercado deve permanecer aquecido nos próximos meses devido ao pagamento do 13º salário e à chegada do verão, além do lançamento de novos modelos durante o showroom Two Wheels, que será realizado em novembro em São Paulo.

Este não é um evento importante no setor de veículos de duas rodas e é visitado por mais de 200.000 pessoas, que atraem compradores entusiasmados que estão sempre à espera de notícias e querem experimentar uma nova motocicleta ”, disse o presidente Abraciclo.

Em Abraciclo, a produção de motocicletas deverá ser de 1.100.000 unidades em 2019, um aumento de 6,1% em relação ao volume de 1.036.788 unidades em 2018.

Agência Brasil [19659013]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.