3º lugar no país: RN chega a 20 MW de energia solar

0

[ad_1]

Foto: Agência Sebrae

A matriz de energia solar no Rio Grande do Norte continua se expandindo. Em junho, o número de unidades com painéis fotovoltaicos em operação com capacidade de até 5 MW – a chamada micro e distribuída – atingiu 1.349 projetos instalados, o que corresponde à capacidade instalada total e está integrado à rede de distribuição de cerca de 20 MW, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (27). Agência de Energia Elétrica (Aneel). No rating de geração, o Ceará continua liderando a geração solar distribuída em uma região com uma capacidade instalada de mais de 40,3 MW, e Pernambuco é a maior estação de energia da região.

logo em seguida, a partir de 26,5 MW. Até maio, a Paraíba ficou em terceiro lugar em um potencial gerador solar, mas um aumento no número de instalações solares obrigou o Rio Grande do Norte a assumir essa posição, e o estado vizinho caiu para a quarta posição na região, com capacidade de 19 MW.

O aumento de unidades geradoras no Rio Grande do Norte está associado a empresas mais integradoras entrando no mercado porque as empresas que operam nesta cadeia produtiva com instalação e manutenção de equipamentos, bem como iniciativas como RN Solar, o programa Sebrae em Rio Grande do Norte, que visa promover e ampliar o uso de energia fotovoltaica entre pequenas empresas. O programa trabalha em duas direções, o que dá aos fornecedores das oportunidades da cadeia industrial nas áreas de gestão, marketing e tecnologia, e por outro, revela as vantagens desse tipo de geração para as micro e pequenas empresas.

Segundo a Associação (ABSOLAR), a fonte fotovoltaica tem potencial técnico no território nacional: mais de 28.500 Giga-watt (GWp) em aplicações geradas centralmente e 164.1 GWp em aplicações de geração distribuída.

Agência Sebra

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.